O que motiva uma pessoa ou empresa a desenvolver em Software Livre.

Existem muitas razões para isso, seguem as principais:

Grande parte das licenças livres citam que para você aproveitar o código de um Software Livre é necessário que seu programa também seja livre, portanto se existe algo que atende 90% das suas necessidades, por que não aproveitar e criar apenas 10%?

Empresas que realmente ganham muito com venda de licenças (Um ponto forte de lucros do Software Proprietário) são poucas, é quase restrito à empresas gigantes que acabam formando monopólios em suas áreas de atuação, além de outros problemas como a pirataria que dificultam ainda mais obter lucros com venda de licenças.

Muitos passam anos estudando, conseguindo diplomas, fazendo estágios, tudo para enriquecer seu curriculum, mas ter um programa desenvolvido por você ou ter contribuído significativamente com algum, pode ser o diferencial que vai determinar seu sucesso e disponibiliza-lo sob uma licença livre, facilitando a divulgação do seu trabalho.

Áreas como treinamento, manutenção, suporte e adaptação estão crescendo cada vez mais, se você faz parte da equipe de desenvolvimento de um projeto e quando alguém precisar de um desses serviços, não parece óbvio que você será um dos primeiros a ser chamado?

O Software Livre não é um modelo de desenvolvimento conveniente para a criação de monopólios, porém é excelente para pequenas empresas e desenvolvedores isolados. Você prefere ser um empregado de uma corporação que desenvolve Software Proprietário, onde você tem seu desenvolvimento limitado, ou tentar seguir seu próprio caminho livre tendo como limites apenas seu próprio potencial?

Existem diversos outros motivos para utilizar o modelo de desenvolvimento livre, mas os pontos listados costumam ser fundamentais para essa decisão.